Psicologia infantil no mundo canino

Psicologia infantil no mundo canino

Hoje gostava de vos falar da psicologia infantil no mundo canino. Se o seu cachorro está entre a 3º e 14º semana, é nesta altura que a sua personalidade se desenvolve. Um cachorro órfão criado por um humano sem nenhum contacto com outro cão tomará uma atitude pseudo-humana e a mesma coisa produzir-se-á se for adoptado por um gato. A sua identidade será a de um cão mas para isso é necessário que tenha contacto com outro cão. É imperativo que o contacto se faça antes de o primeiro ano de idade de preferência entre as 12 e 14 semanas.

Quanto ao contacto cão versus humano deve fazer-se antes da 12º semana e com mais de uma pessoa. E imediatamente que tenha todas as vacinas necessárias à sua protecção deve passear o animal tanto quanto possível com o objectivo de melhorar a sua vertente social. Para um cão, um homem, uma mulher, uma criança, um lactente são para ele uma espécie diferente porque cada um tem uma voz, uma dimensão, uma cor diferentes e cada um tem o seu título.

Em resumo, a socialização é muito importante para evitar comportamentos inadequado como a fuga ou agressividade devido ao medo ou demonstração de predominância. Os princípios que regulam a socialização dirigem igualmente a estabilidade emocional pelo conhecimento do seu ambiente.

Para estabelecer um limiar de tolerância adequado,  é necessário pô-lo em contacto com todos os estímulos que terá de enfrentar na idade adulta e antes das 14 a 15 semanas isso conduzirá a um bom nível de tolerância emocional.

Pode gostar também de ver:

Direitos Dos Animais | Em: Novembro 27, 2008
Publicado em Cães com as etiquetas , , , , . Salve o url nos favoritos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>