Cão o chefe da matilha humana.

Cão o chefe da matilha humana.

Até o cão mais pequeno, o mais insignificante, pode chegar a ser o chefe da matilha humana, isso está comprovado… As pessoas são muito fáceis de convencer.

As pessoas não costumam aperceber-se dos primeiros sintomas indicativos da tentativa de um cão para se converter em chefe da matilha. Acham muito engraçado quando, em cachorrinho, rosna às pessoas, e não se preocupam quando, pela primeira vez, não liga a uma ordem como «Vem aqui!» e continua entretido com as suas coisas. Da mesma forma, oferecem-lhe alegremente outra coisa para comer quando recusa o que lhe foi dado.

A liderança da matilha pode conseguir-se sem exibir uma atitude abertamente agressiva. Os cães pequenos, por exemplo, podem importunar até que os agarremos, saltando sobre os móveis ou rastejando entre as roupas da cama. Fazendo estas coisas, convertem-se em quem realmente decide.

Apesar do seu aspecto delicado, estes cães podem converter-se em verdadeiros ditadores. A sua táctica tem tanto êxito que algumas pessoas alteram completamente o seu modo de vida: contratam tratadores quando saem à noite e evitam as férias anuais para que o seu cão não tenha que ir para um canil.

Como animais de matilha que são, os cães sentem-se melhor sabendo que lugar ocupam na hierarquia da matilha. Ainda que sexo, tamanho e raça sejam factores significativos, qualquer cão tem potencial suficiente para se converter no chefe da matilha. As pessoas costumam estar preparadas psicologicamente para defender a sua posição de liderança perante candidatos óbvios, um musculoso macho, por exemplo, mas baixam as defesas quando enfrentam desafios menos evidentes.

Pode gostar também de ver:

Direitos Dos Animais | Em: Fevereiro 19, 2009
Publicado em Cães com as etiquetas , , , . Salve o url nos favoritos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>